Gloria Hurtado - Encerrando Ciclos



Sempre é preciso saber quando uma etapa chega ao final. Se insistirmos em permanecer nela mais do que o tempo necessário, perdemos a alegria e o sentido das outras etapas que precisamos viver. Encerrando ciclos, fechando portas, terminando capítulos. Não importa o nome que damos, o que importa é deixar no passado os momentos que já se acabaram. As coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas possam ir embora. Deixar ir embora. Soltar. Desprender-se. Ninguém está jogando nesta vida com cartas marcadas, portanto às vezes ganhamos, e às vezes perdemos. Antes de começar um capítulo novo, é preciso terminar o antigo: diga a si mesmo que o que passou, jamais voltará. Lembre-se de que houve uma época em que podia viver sem aquilo - nada é insubstituível, um hábito não é uma necessidade. Encerrando ciclos. Não por causa do orgulho, por incapacidade, ou por soberba, mas porque simplesmente aquilo já não se encaixa mais na sua vida. Feche a porta, mude o disco, limpe a casa, sacuda a poeira.




2 comentários:

  1. Esse texto se chama Encerrando Ciclos e não é de Fernando Pessoa e sim da psicóloga e colunista colombiana Gloria Hurtado.

    ResponderExcluir
  2. Olá Nelson, como vai?
    Obrigada pelo seu comentario!
    Achei na mesma fonte que havia encontrado este texto como se fosse de Fernando pessoa uma correção, vou reeditar,muito obrigada mesmo!
    http://pensador.uol.com.br/frase/MTMyMDE4MA/ e
    http://pensador.uol.com.br/frase/MjU1MTA/

    ResponderExcluir